CHCNAV I89 c/ câmara

O novo receptor i89 Visual Survey,  o irmão mais novo do i93, integra a avançada tecnologia GNSS com 2 câmaras de vídeo de tecnologia fotogramétrica! Possibilitando assim a navegação e implantação em realidade aumentada e medição de pontos em zonas inacessíveis!

Categoria:

Descrição

CHCNAV i89 – receptor GNSS compacto com IMU e duas câmaras

O CHCNAV i89 Visual Survey é um receptor GNSS extremamente compacto cujas dimensões e baixo peso (750 g) garantem o maior conforto no uso diário.

Ao mesmo tempo – apesar de pequeno – o i89 esconde uma série de soluções e tecnologias modernas. Inclui placa GNSS de 1.408 canais com a nova tecnologia iStar 2.0, sensor IMU RTK, bateria de grande duração e duas câmaras.

As câmaras e a função AR permitem a piquetagem em realidade aumentada e medições usando tecnologia de fotogrametria terrestre.



Resultados de medição confiáveis ​​mesmo em áreas com alta actividade ionosférica

O receptor GNSS i89 suporta todos os sinais GNSS disponíveis, e tecnologia iStar 2.0 exclusiva que incorpora avançados algoritmos de modelação ionosférica, e inclusive permite aumentar o número de soluções “fixas” em condições difíceis em até 15%, mantendo a mais alta confiabilidade dos resultados obtidos.

 

Trabalhe até 50% mais rápido

A capacidade de navegar e implantar em realidade aumentada,  torna o trabalho com o receptor i89 simples e intuitivo. O i89 da CHCNAV é um receptor de levantamento conveniente, mesmo para operadores inexperientes. Graças à forte integração da tecnologia GNSS, IMU e sistema de câmaras, o i89 oferece uma confiabilidade significativamente maior do que as soluções concorrentes.

 

O receptor está equipado com uma forma única de transmitir dados fotogramétricos ao controlador usando um módulo Wi-Fi adaptativo de 5,8 GHz. Graças a isso, garante uma transmissão excepcionalmente suave. Além disso, a tecnologia CHC Virtual Pole Tip™ torna muito mais fácil identificar e implantar pontos em realidade aumentada.

 

Medição precisa de pontos inacessíveis

O receptor i89 com fotogrametria terrestre permite medições precisas. Graças a isso, funciona mesmo em áreas perigosas e de difícil acesso.

As câmaras de primeira classe integradas no dispositivo, o sensor IMU, permitem através da tecnologia Visual Survey, obter coordenadas 3D com elevada precisão.
Para isso, utiliza a gravação de vídeo em que o dispositivo adquire coordenadas em apenas alguns segundos. Graças a isso, a produtividade do i89 é de até 60% em comparação com um receptor GNSS clássico.

Se entretanto se esqueceu de levantar algum ponto do projecto, pode a qualquer momento criar um novo e saber as suas coordenadas sem ter de voltar ao local, pois o projecto  fica gravado.

Sensor IMU automático e bateria inteligente

O sensor IMU de 200 Hz embutido no i89 possui função de inicialização automática e garante uma precisão de 3 cm na faixa de inclinação de até 60 graus da vertical, a bateria de alta densidade de energia permite mais de 16 horas de operação livre.

Além disso, graças à função de carregamento rápido através da porta USB-C, a bateria do receptor pode ser carregada em apenas 3 horas. A caixa do receptor é totalmente resistente a poeira e água, padrão IP68.

Modelagem 3D para diversas aplicações

Os algoritmos fotogramétricos implementados no i89 permitem a modelação 3D (é opcional no i89) de vários tipos de objetos, como edifícios ou monumentos.

As fotos terrestres obtidas com o i89 são um óptimo complemento aos dados dos drones. O i89 permite eliminar distorções típicas de modelos criados exclusivamente com base em fotos aéreas.

O que é extremamente importante: o i89 é compatível com qualquer software de fotogrametria, tornando-o perfeito para diversos sectores.

Sinais rastreados:

  1. GPS: L1C, A, L2C, L2P(Y), L5
  2. GLONASS: L1, L2, L3
  3. Galileu: E1, E5a, E5b, E6
  4. Bei Dou: B1I, B2I, B3I, B1C, B2a, B2b
  5. QZSS: L1C/A, L1C, L2C, L5, L6
  6. NavIC/IRNSS: L5
  7. PPP: B2b-PPP
  8. SBAS: EGNOS (L1, L5)
  9. Visual Survey
  10. Modelação 3D (opcional)

Brochura

Vídeo

Vídeo do encontro de distribuidores da CHCNAV em Shanghai em 2024